O que esperar da Tecnologia dos Smartphones para os próximos anos?

Uma coisa vem acontecendo aos olhos de todos e as pessoas não se deram conta. Seja por falta de tempo ou por simplesmente achar que não existem alternativas que possam ser seguras etc.

Eu to falando do roubo maciço das informações de bilhões de pessoas através dos dispositivos portáteis. Sim se você foi pego de surpresa com essa informação e considera a invasão de privacidade algo sério a ser combatido, saiba que essa prática criada de certo modo pela gigante do goole vem se espalhando por todas as grandes empresas.

A manipulação dos dados obtidos das pessoas em redes sociais, em sites de busca e de consulta de preços é um comércio muito lucrativo, porque consegue determinar para as grandes empresas, quanto as pessoas estão dispostas a gastar e em quais produtos.

E claro que esses dados filtrados podem fazer muito mais, e de certo modo é ai que mora a parte mais perigosa dessa prática das empresas. Imagina que você sai de casa e fala, vou desligar os dados do meu celular e colocar no modo avião porque não quero ser incomodado ou porque não quer que seu esposo ou esposa saiba onde está etc, mas a google monitora mesmo no modo offline toda a tragetória que você faz e quando você se conecta ao chegar em casa tudo é enviado para o google. Achou exagero? Não se engane isso já acontece.

E agora no ínicio de 2019 foi anunciado os novos tipos de celulares que chegarão no mercado, que tem chips embutidos de GSM chamados de (eSIM) que vão permitir que a pessoa troque de operadora sem trocar de chip. E ai o leitor pensa, que legal isso vai diminuir o roubo porque o chip não vai poder ser retirado. Mas o que eles esquecem de mencionar é que uma vez que os celulares não podem ter suas baterias e seus chips removidos, quem garante que quando você desligar o seu telefone numa reunião ele de fato vai estar desligado?

Quem já testou um OK GOOGLE, e entendeu que o seu telefone está captando o microfone o tempo todo, vai provavelmente se preocupar com a próxima geração de telefones, não pela possibilidade de estar sendo vigiado, porque isso nós de fato já estamos, mas sim porque desse modo um sistema que esteja no modo stand bye do celular, pode na verdade estar servindo como vigilância constante da população.

Enfim para quem entende de seguraça e tecnologia como este que vos escreve, isso é apenas mais um capitulo da ganância do capitalismo para a manipulação do povo rumo ao consumo desenfreado. Seja qual for sua opinião sobre o tema, deixe nos comentários.

Francisco Santos – MTB 0087814/SP


Deixe uma resposta