Os Filhos da Esquerda – Não Aparelhamento

Nós militantes e filhos de militantes de esquerda, sofremos com a acusação de aparelhamento do PT e dos demais Partidos de Esquerda.
Mas o que de fato aconteceu nesses últimos anos foi tudo menos aparelhamento partidário.




Quando avaliamos o que deveria ser o aparelhamento de fato vemos que poucos foram os políticos de esquerda que se aparelharam e para o nosso desprazer, não foram os que tem mais viés socialista.

Teríamos feito muito mais ou até não teríamos saído do poder se tivéssemos de fato nos aparelhado.

Qual a gráfica que conhecemos que seja de algum partido de esquerda? Qual a emissora de Rádio ou TV que temos? Qual revista partidária que temos? Quantas faculdades de Esquerda temos?

Pergunto isso porque para mim é claro, não temos nada nesse sentido, temos alguns portais, como esse mesmo, algumas revistas, mas essas não são dos partidos, não temos institutos sérios, que estejam fazendo estudos sobre os impactos das nossas ações quanto governo do Brasil.

O que vejo na realidade é o contrário houve uma tentativa de aparelhar o estado para conseguir diminuir as demandas da sociedade, mas não foi rompido nenhum acordo ou contrato com a mídia golpista seja ela impressa, televisiva ou de rádio, o que acarretou no golpe a democracia.




O pior é que ainda podemos fazer muito, mesmo não estando no poder, mas não vejo iniciativas dos partidos e entidades parceiras no incentivo de criação de cooperativas de trabalho e serviço, nem para a criação de escolas ou faculdades que pudessem trazer conhecimento ao povo brasileiro e até para os Filhos da Esquerda. Temos também uma enorme massa crítica de profissionais na própria estrutura partidária com conhecimento para montar os mais variados negócios que fariam com que o circulo capitalista fosse rompido fazendo o dinheiro circular nas mãos de outras pessoas e empresas.

Enfim ainda há muito para fazer, de que lado você está?

Por: Francisco Santos

Continua…..


Deixe uma resposta