Segurança digital nos dias turvos que estamos vivendo.

Nos tempos da ditadura, quando as coisas eram passadas por bilhetes provavelmente a segurança era mais importante e também mais eficaz que nos dias de hoje.

Vivemos no meio da internet, dos satélites, dos smartphones, das smartTVs, dos notebooks, dos Computadores e até da internet das coisas, ou seja a vigilância embora passe despercebida pela maioria das pessoas é real.

Quem usa Android conta com o Ok Google, quem usa IPhone conta com a Siri e o Windows com a Kortana, se você não sabe do que estou falando procure se informar, pois estamos imersos na vigilância e na insegurança na web.

Quem acompanha a tecnologia deve ter ouvido falar meses atras de um site que disponibilizava dados na internet de qualquer pessoa do Brasil. Embora isso fosse preocupante vale lembrar que o site foi tirado do ar, por se tratar de uma forma muito aberta de coisas que as empresas já praticam entre si.

Ontem dia 26/02/2017 chegou a informação do Clube da Esquerda, que algumas páginas do Facebook tiveram seus acessos tomados, não sabemos ainda se foram resgatadas ou não, mas serve para mostrar a que ponto pode chegar a insegurança em que estamos vivendo.

Mas o que fazer para estar seguro na internet? Ou melhor o que fazemos para minimizar a exposição ou a possibilidade de ter sua vida vasculhada e exposta e com isso causar prejuízos a você e sua família?

Primeiramente “Use Linux” não porque o linux seja um sistema 100% livre de falhas, mas porque ele da prioridade as coisas evitando que qualquer pessoa possa instalar qualquer coisa na sua máquina, inclusive vírus.
Segundo se é essencial usar windows, use mais de um usuário na máquina e não use para o dia a dia como usuário administrador, isso vai permitir que você somente instale alguma coisa se usar e souber a senha do usuário administrador.

Terceiro, embora o Android seja um linux e venha bloqueado o usuário root, ele não é 100% livre de vírus principalmente relacionados a navegação, por isso bloqueador de Poups e ADS são interessantes para minimizar as possibilidades de invasão.

Quarto, não existe sistema 100% seguro existem comportamentos seguros.

  • Evite Navegar em sites de Jogos
  • Evite Navegar em sites Pornos
  • Evite Navegar em sites de Filmes, Séries e TV Online
  • Evite programas P2P para baixar músicas etc.
  • Aprenda sobre extensões de arquivos, para diferenciar quando um arquivo pode ser um vírus.
  • Mantenha sistemas e Antivírus atualizados.
  • Troque suas senhas regularmente, de email, redes sociais, programas, sistemas e o mais importante, varie as senhas, para que caso uma seja descoberta, ela não possa ser usada em todas as suas redes.
  • Evite salvar senhas no navegador, elas podem ser resgatadas facilmente por pessoas ou programas.
  • Teste a força de suas senhas com medidores de força como o How Secure is My Password

Nós do Clube da Esquerda primamos pela segurança e privacidade de nossos leitores, por isso usamos certificado SSL em nossa página de 4096 Bits “Aquele tal cadeado de páginas de bancos”, e você deve priorizar páginas que tenham HTTPS no inicio dos seus links.

Nós damos palestras e cursos sobre segurança na web, para pessoas ou entidades, caso desejar envie um email para [email protected]

Por: Francisco Santos


Deixe uma resposta